VIP's, onderzoekers, bedrijfsleiders en opiniemakers delen hun ervaringen, analyses en inzichten over nieuwsfeiten of belangrijke gebeurtenissen op het gebieden van digitale transformatie of energietransitie.

Armazenar a energia é fundamental para garantir um abastecimento flexível e confiável a partir de fontes de energia que variam dependendo do tempo. Os progressos tecnológicos são uma ajuda preciosa.

O desenvolvimento das energias renováveis, em particular a energia eólica e solar, abre perspectivas promissoras no combate ao aquecimento climático. Mas o caminho para esta transição energética essencial não é fácil. A principal dificuldade hoje está na busca de um equilíbrio difícil entre a geração de eletricidade mais variável e a procura flutuante por conta da evolução do comportamento dos consumidores com o aumento dos veículos elétricos e a utilização das novas tecnologias. Por definição, as energias eólica ou solar dependem do clima. Ao contrário das centrais elétricas alimentadas a combustíveis fósseis, não podem ser acionadas para atender as variações de consumo. Contudo, o desenvolvimento de redes inteligentes pode ajudar a administrar melhor estas variáveis, proporcionando uma oferta energética mais flexível e reativa à medida que a geração, a procura e o armazenamento de energia entram em jogo.

Grandes progressos da tecnologia

Um elemento fundamental dessas redes inteligentes é o armazenamento de energia. Esta técnica permite ao mesmo tempo poupar um excedente de energia para utilizá-la ulteriormente e ter uma fonte de energia adicional quando a demanda supera a oferta. Nos últimos anos, o progresso das novas tecnologias relacionadas particularmente com as baterias, a alimentação com ar comprimido, a alimentação com gás e os volantes de inércia, tornou essas soluções cada vez mais viáveis. A Omexom, marca da VINCI Energies dedicada à transição energética, tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento e implementação de algumas dessas inovações, em particular as baterias de íons de lítio. Na Holanda, por exemplo, a Omexom realizou o primeiro armazenamento de baterias na Europa para o gigante global da energia AES. A instalação de armazenamento de baterias de íons de lítio de 10 MW a leste de Vlissingen fornece assim uma reserva para o operador da rede de transmissão local Tennet, mantendo uma frequência constante de 50Hz.

O armazenamento é uma promessa de economias

Mas o armazenamento de energia não é reservado aos operadores das redes elétricas. As empresas também têm um grande interesse em utilizar essas técnicas de armazenamento que podem reduzir significativamente sua conta de luz utilizando, por exemplo, as reservas durante os períodos de pico de preços.

O armazenamento da energia, elemento chave de uma rede de eletricidade inteligente, flexível e responsável

Os particulares também podem fazer poupanças significativas. Por exemplo, a energia dos painéis solares nos seus telhados que foi armazenada é energia que não precisa ser comprada na rede. As técnicas de armazenamento de energia são cada vez mais utilizadas. Até porque atendem uma forte expectativa ecológica: tanto os operadores de rede como as empresas podem assim afirmar o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável e os indivíduos podem reduzir suas emissões e suas despesas energéticas.

Podemos imaginar num futuro próximo a implementação da tecnologia das baterias de íons de lítio, por exemplo, particularmente adequada para o armazenamento de energia em fábricas, escritórios, casas e veículos. Dessa maneira, o armazenamento de energia tornar-se-á um elemento chave de uma rede de eletricidade inteligente, flexível e responsável, totalmente alimentada por energias renováveis.

12/03/2020

Spencer Thompson, Business Development Director, Omexom UK & ROI

Spencer Thompson, Business Development Director, Omexom UK & ROI

Descubra mais

Thomas Leseigneur, responsável Innovation Actemium (VINCI Énergies) Thomas Leseigneur, responsável Innovation Actemium (VINCI Énergies)

Smart Energia: a otimização energética aplicada à indústria do futuro

O aprimoramento energético da base produtiva francesa deve se alicerçar na otimização da sua competitividade:...

Ler o artigo

Xavier Albouy, diretor VINCI Energies Xavier Albouy, diretor VINCI Energies

Iluminações mais inteligentes fazem bem à biodiversidade

La lumière artificielle est vitale à l’activité humaine mais nuit à la biodiversité. A luz...

Ler o artigo