A empresa de transporte coletivo da capital austríaca projetou e construiu, com a Cegelec City Solutions, um abrigo design e autossuficiente em energia para equipar o pátio de uma das estações de metrô da cidade.

Com o aquecimento global, as grandes áreas metropolitanas podem se transformar em fornalhas em certas épocas do ano. A alta densidade populacional e a excessiva mineralização das cidades criam ilhas de calor urbano com um forte aumento das temperaturas do ar e das superfícies, particularmente cansativo à noite.

Este fenômeno tem um impacto na saúde e no bem-estar dos moradores, mas também no consumo de energia por conta do ar condicionado, na atratividade dos centros das cidades e na preservação da biodiversidade animal e vegetal.

Neste contexto, Viena, na Áustria, decidiu aproveitar a reforma do pátio da estação de metrô Spittelau no centro da cidade e criar uma zona de conforto otimizada.

“Queríamos instalar uma iluminação adicional sem emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, proporcionar mais segurança em um local por onde passam cerca de 70.000 pessoas todos os dias, sem esquecer as bicicletas“, explica Katharina Pucher, gerente de projetos e responsável das infraestruturas vegetais da Wiener Linien, a empresa de transporte coletivo da capital austríaca.

Zona de conforto otimizada

Selecionada no final de 2020 no âmbito de uma licitação, a Cegelec City Solutions Vienna, filial da VINCI Energies, desenvolveu estruturas para fornecer sombra e ar mais fresco para os usuários nos dias de calor, mas também um abrigo quando chove e um luz agradável à noite.

“Em colaboração com o escritório de arquitetura EGKK da Wiener Linien, projetamos dois tipos de elementos diferentes: um primeiro sistema de bancos sombreados equipado com um módulo fotovoltaico com iluminação LED integrada, e um segundo oferecendo sombra com plantas com bicos pulverizadores”, explica Roman Tarnawski, Deputy Business Unit Manager da Cegelec City Solutions Vienna.  

Projeto-piloto

O primeiro sistema, equipado com painéis fotovoltaicos, gera e armazena energia em baterias que podem ser utilizadas à noite para criar uma auréola de luz agradável e protetora. “Nenhuma fonte externa de energia é necessária para produzir eletricidade neste tipo de estrutura”, enfatiza Roman Tarnawski.

“Nenhuma fonte externa de energia é necessária para gerar eletricidade neste sistema de bancos à sombra equipado com um módulo fotovoltaico”.  

Para projetar, desenvolver e produzir os módulos fotovoltaicos para estes abrigos, a Cegelec City Solutions Vienna, responsável pela implementação técnica, recorreu a outra empresa do Grupo VINCI, a Ertex Solar, uma filial austríaca da VINCI Construction.

“Produzimos e entregamos painéis solares glass-glass [ou double-glass, uma nova geração de módulos mais resistentes e estáveis] no local, o que exigiu o desenvolvimento de uma cor específica. Propusemos várias amostras de cores para a Cegelec City Solutions e Wiener Linien escolherem”, diz Michaela Fink, gerente de marketing da Ertex Solar.

As obras foram concluídas e instaladas no final de fevereiro de 2021. “Este é um projeto-piloto e esperamos desenvolver outros na cidade”, conclui Katharina Pucher.

 

14/10/2021