Para facilitar os deslocamentos dos trabalhadores essenciais (médicos, enfermeiros, funcionários de supermercado, farmacêuticos, entregadores, etc.) durante a crise sanitária da COVID-19, as cidades revisitam os esquemas de trânsito, suspendem a cobrança nos transportes públicos e abrem mais espaços para as bicicletas e os pedestres.

O CityLab mapeou algumas das mudanças acontecendo nas ruas das cidades nos Estados Unidos e em todo o mundo desde 3 de Abril, utilizando os dados do Covid-19 Transportation Response Center da National Association of Transportation Officials, um novo elenco das intervenções de emergência.

23/07/2020

Descubra mais