Em uma ilha no Báltico, Smartroad Gotland é uma estrada com indução elétrica capaz de recarregar as baterias dos veículos enquanto rodam. A Eitech Electro, uma empresa da VINCI Energies, participa na experiência.

Um ônibus elétrico está viajando em um novo tipo de estrada na Suécia. Chamado Smartroad Gotland, este trecho de 1,6 km de estrada na idílica ilha de Gotland, um eco município no meio do Mar Báltico, tem a particularidade de estar equipado com uma tecnologia de recarga elétrica sem fio baseada na indução.

Graças às bobinas de cobre instaladas debaixo dela, a pista pode transferir energia para um receptor instalado em qualquer tipo de veículo elétrico, caminhão, ônibus ou carro. O processo pode assim recarregar um motor enquanto está rodando.

Esta tecnologia torna a infraestrutura inteligente, uma vez que só é ativada quando passa o veículo. Este é identificado metro por metro. Cada seção é ligada e desligada em alguns milissegundos. As pessoas ou animais que cruzam a estrada não correm, portanto, o risco de serem expostos a campos eletromagnéticos.

A solução, desenvolvida pela empresa israelense Electreon, é particularmente vantajosa para os caminhões que percorrem longas distâncias, podendo assim prescindir de baterias pesadas e caras e de paradas para recarregar seus veículos.

Quatro experiências

O projeto, executado entre o outono de 2020 e a primavera de 2022, é financiado pela Administração Sueca de Transportes (Trafikverket). Para reduzir a participação do transporte rodoviário (30%) em suas emissões de dióxido de carbono, a Suécia planeja construir cerca de 2.000 km de estradas com indução por um custo total estimado em 3 bilhões de euros.

A Suécia planeja construir cerca de 2.000 km de estradas com indução por um custo total estimado em 3 bilhões de euros.

Smartroad Gotland é uma das quatro experiências em andamento no país utilizando esta tecnologia, antes de uma implantação em maior escala em um trecho de estrada piloto em Örebro-Hallsberg.

Para este projeto pioneiro, a Eitech Electro (VINCI Energies) foi responsável pela instalação e comissionamento do sistema Electreon: “Nós implementamos e adaptamos o sistema aos regulamentos locais na Suécia (dimensões de cabeamento, equipamentos e quadros de distribuição, etc.), desde a concepção até a construção”, explica Tomas Lindsbro, Gerente de Unidade de Negócios da Eitech Electro.

“Também instalamos todo o sistema e equipamentos fornecidos pela Electreon, tais como as unidades de controle e bobinas sob a pista. O comissionamento era nossa responsabilidade”, acrescenta ele.

O sistema, sobre o qual trabalharam três a cinco pessoas da Eitech Electro dependendo das necessidades, não só  traz uma tecnologia de ponta, como tem a vantagem de ser sustentável. Com manutenção normal, as bobinas e todo o equipamento teriam uma vida útil de cerca de 40 anos.  

Na Alemanha, um projeto de recarga por indução durante a condução

No dia 28 de janeiro de 2021, o Instituto Federal Alemão de Pesquisa Rodoviária concedeu à Eurovia Teerbau, uma filial do Grupo VINCI, e a seus parceiros Volkswagen, Omexom GA Süd (VINCI Energies) e a Universidade de Tecnologia de Braunschweig, uma verba para apoiar o projeto de pesquisa eCharge. O objetivo é desenvolver um sistema de recarga por indução sem contato para os veículos elétricos em movimento. Se o projeto for bem-sucedido, serão construídos “e-corredores” de 25 quilômetros em intervalos regulares nas rodovias. A equipe do projeto também quer pesquisar possíveis procedimentos de cobrança e métodos operacionais econômicos. O desenvolvimento desta tecnologia é também o tema de um projeto europeu chamado INCIT-EV e do projeto de pesquisa “InductInfra” na Universidade RWTH de Aachen.

16/09/2021