A Courbon Software, editora de softwares de controle de produção, trocou a hospedagem pelo cliente pela hospedagem em nuvem. A Axians acompanhou esta evolução para um patamar superior cuidando das questões de segurança e disponibilidade.

MES, três pequenas letras que representam uma aposta importante para os industriais. O Manufacturing Execution System, ou software de controle de produção, abarca toda a cadeia industrial, desde a recepção das matérias-primas até a rotulagem. Um MES garante assim o monitoramento da produção, a rastreabilidade do produto ou a medição do desempenho das máquinas.

Player chave neste mercado, a Courbon Software desenvolve duas soluções, uma dedicada às indústrias agroalimentar, química e transformadora (Producim), a outra às indústrias farmacêutica, biotecnológica e cosmética (Pharmacim).

Até então, esta editora da VINCI Energies oferecia suas soluções exclusivamente em modo “on-premise“, no local. Era privilegiado este modo de hospedagem dedicada por razões técnicas e por falta de maturidade do mercado.

Labeyrie Fine Foods queria liberar suas equipes de TI das tarefas de operação, monitoramento, backup e manutenção da solução”

O que desencadeou a mudança de abordagem foi, em 2020, uma licitação vencida pela Labeyrie Fine Foods. O grupo agroalimentar, que comercializa as marcas Labeyrie, Blini e Delpierre, queria uma hospedagem híbrida, ou até na modalidade SaaS, para todas as suas fábricas.

Labeyrie Fine Foods queria liberar suas equipes de TI das tarefas de operação, monitoramento, backup e manutenção da solução, lembra Bernard Durand, engenheiro de vendas da Courbon Software. Como nossas soluções já são totalmente baseadas na web, sem cliente a instalar no posto de trabalho, a passagem para o modo SaaS (Software as a Service) foi facilitada.”

SaaS premium

Para “escalar suas ofertas na nuvem”, a Courbon Software recorreu a uma outra empresa da VINCI Energies. A Axians, especializada em soluções TIC, superou os desafios de cibersegurança, disponibilidade (taxa acima de 99,9%) e continuidade da atividade com uma replicação de dados em local remoto. A Axians também garantiu capacidades em termos de processor e memória que podem ser aumentadas conforme necessário.

A oferta resultante desta cooperação permitiu combinar em uma única assinatura o acesso à aplicação, a hospedagem, as atualizações e o suporte à aplicação. “O cliente tem um interlocutor único“, aponta Bernard Durand.

A oferta é diferente do SaaS tradicional, onde todas as empresas utilizam a mesma aplicação e têm as versões atualizadas impostas pela editora. A Courbon Software oferece uma abordagem “premium” para seu SaaS. Cada cliente tem sua própria versão de aplicação e seu próprio banco de dados sem que lhes seja imposta qualquer política de versões e, acima de tudo, sem ter que isolar seus próprios dados.

Para um MES que interage com diferentes automatismos e aplicações de negócios, a estabilidade da plataforma é essencial, explica o engenheiro de vendas da Courbon Software. Qualquer mudança de versão obriga a multiplicar os testes de não regressão.”

O objetivo também é criar um “core model” (modelo básico) para atender todos os casos de uso observados em seu cliente Labeyrie Fine Foods. As linhas de produção que processam pato ou salmão defumado, como é o caso na unidade piloto, não têm os mesmos requisitos. O projeto, que se estenderá por vários anos, será ampliado para uma dezena de fábricas do grupo francês.

17/05/2021

Saiba mais
Veja o video