A solução de serialização desenvolvida pela Courbon Software dá acesso a todas as informações em tempo real e a todos os players de uma cadeia de valor, garantindo rastreabilidade e segurança.

A contrafação é um flagelo para muitos setores da economia de mercado. Na indústria farmacêutica, por exemplo, a Organização Mundial da Saúde avalia o custo dos medicamentos falsificados em 200 bilhões de euros, ou seja, de 7 a 10% dos produtos comercializados no mundo. No setor de vinhos e bebidas espirituosas, nada menos que 70% dos produtos são fraudulentos no sudeste asiático.

O interesse desta solução de serialização é oferecer um sistema de rastreabilidade global acessível a todos os players de um setor.” 

Este problema financeiro é também um problema de saúde pública com consequências potencialmente graves. Em parte como consequência deste fenômeno, mas também como resultado das múltiplas crises sanitárias dos últimos anos, os consumidores exigem cada vez mais informações precisas e verificadas sobre os produtos que compram.

É neste contexto que surgiram novas leis e regulamentações para garantir a rastreabilidade global dos produtos, garantir sua conformidade e segurança e adaptar-se às novas exigências dos consumidores. Por exemplo, no setor farmacêutico, desde fevereiro de 2019, uma diretiva europeia exige a serialização dos medicamentos reembolsáveis, marcando cada produto com um código único.

Dados dinâmicos

Neste campo, a Courbon Software (VINCI Energies), editora de softwares MES (Manufacturing Execution System), desenvolve pacotes de software que gerenciam dados em tempo real, conhecidos como dados dinâmicos, de produtos ao longo de seu ciclo de vida.

Sua primeira aplicação de serialização foi implementada em 2013 para o mercado de explosivos civis. Mas é para os setores fitossanitário e farmacêutico que a Courbon Software tem implantado estas soluções em larga escala com, até hoje, cerca de cinquenta linhas de produção equipadas na BASF e cerca de trezentas linhas em produtos farmacêuticos, quarenta e cinco das quais no fabricante de medicamentos Delpharm.

A solução de serialização da Courbon Software permite a rastreabilidade completa de um produto graças a um número de série único afixado a cada produto com um QR Code ou “datamatrix”. As próprias embalagens e paletes que transportam os produtos são identificados por um código igualmente único.

O interesse desta solução é oferecer um sistema de rastreabilidade global acessível a todos os players de um setor (fabricantes, logísticos, distribuidores…) que encaminham dados através da nuvem, respeitando o mesmo padrão, neste caso EPCIS da GS1“, explica Jean-Michel Blanc, responsável comercial de Soluções Industriais e de Software – MES da Courbon Software.

Aplicações BtoC

A intenção agora é estender esta solução às aplicações BtoC a fim de atender à demanda de informação do consumidor final sobre a origem e a rota do produto, bem como sobre a identificação e a origem de seus ingredientes.

Estamos visando outros mercados como o de cosméticos, para o qual estamos atualmente desenvolvendo um projeto, mas também os dos dispositivos médicos, vinhos e bebidas espirituosas, produtos de luxo e agroalimentar. Para a Labeyrie, por exemplo, estamos implementando um MES, mas por enquanto apenas para a rastreabilidade interna“, observa Jean-Michel Blanc.

A integração de dados dinâmicos em toda uma indústria, possibilitada pelas novas tecnologias (nuvem, RFID, QR Code, IoT e finalmente a Blockchain para a autenticação de dados…), oferece uma rastreabilidade muito mais fina do que aquela oferecida por aplicativos como Yuka na indústria agroalimentar e cosmética, que permanecem baseadas em dados estáticos.

A solução da Courbon Software funciona com dados dinâmicos. Ao dar acesso a todas as informações em tempo real, como por exemplo, uma mudança de receita de um produto alimentar, todos os players da cadeia até o consumidor final podem conhecer cada etapa da produção e distribuição do produto“, salienta Jean-Michel Blanc.

17/12/2020